Fernando Pessoa Nu Espelho

Sinopse - Um espetáculo barroco, lúdico, romântico atemporal, poético e multigênero, que instiga a descobrir nessa maravilhosa obra de Fernando Pessoa um encontro íntimo e convidativo com o poeta. Um ator despido de máscaras e personagens, ante um turbilhão de pensamentos e pré - conceitos, contextualizando heterônimos e pensamentos deste grande Poeta atemporal e subjetivo. "Fernando Pessoa Nu Espelho" te coloca em um quarto com inúmeros espelhos fantasmas que torcem por reflexões falsas, em uma única realidade que não está em nenhuma e está em todas. O que é tudo? Se não, o que pensamos de tudo?

Ator - Fernando Silveira

Texto e pesquisa - Fernando Silveira

Direção - Mário Goes

Indicação - 16 Anos

Fernando Pessoa Nu Espelho fora um texto o qual fui agraciado em minha carreira de diretor! Um espetáculo difícil pelo cunho literário e a responsabilidade de numerosos fragmentos de um poeta por vezes inconclusivo junto a alguns importantes heterônimos dentro de um equilibrio de traços filosóficos, religiosos e críticos de um dos maiores poetas da contemporaneidade. Em meio a uma base de pesquisa e estudos, o espetáculo parte de princípios pessoais de Fernando Pessoa, onde desde a trilha sonora, até as metáforas cênicas, são conclusivas de seus pensamentos e vivência de forma a se apresentar como um trabalho único e envolvente.

 O mergulho na pesquisa foi a base para dar ao universo pessoano um toque barroco e atemporal dentro de um contexto metafísico e rico em suas metáforas e linguagens. Assim nasce uma nova visão de Fernando Pessoa, despido de mascaras e heterônimos dentro da caixa preta que tudo pode. " O QUE É TUDO, SE NÃO O QUE PENSAMOS DE TUDO."

Diretor - Mário Goes